24/08/2017

Safra de cana terá queda de 1,7% em 2017/18

Produção na nova temporada deve chegar a 646,34 milhões de toneladas

A produção brasileira de cana-de-açúcar na safra 2017/18 deve totalizar 646,34 milhões de toneladas, registrando uma queda de 1,7% em relação às 657,18 milhões processadas na temporada anterior, informa 2º levantamento da atual safra, divulgado hoje (24) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

 

Segundo a Conab, os números poderiam ser menores se não fosse o aumento de 1,5% na produtividade, que deve passar das 72,62 toneladas por hectare.

Para a atual safra os produtores deverão continuar priorizando o processamento de açúcar, que deve atingir 39,39 milhões de toneladas – aumento de 1,8% em relação à safra anterior, de 38,69 milhões de toneladas. Com esta tendência, a produção de etanol registra redução de 6,1%, passando de 27,81 para 26,12 milhões de toneladas.

A companhia também estima que 90,2% da área de colheita com cana seja feita de forma mecanizada. Na Região Centro-Sul, o percentual é de 95,6%, enquanto que no Norte-Nordeste é de apenas 23,2%, devido à dificuldade de atuação mecânica num relevo mais acidentado.

Em relação à área de plantio, a redução deve chegar a 3,1%, passando de 9,05 milhões para 8,77 milhões de hectares. A menor disponibilidade tem relação com a desistência e devolução de áreas de fornecedores distantes das unidades de produção, principalmente aquelas em que há dificuldade de mecanização.

 

Fonte: www.uagro.com.br