07/05/2018

Brasil negocia abertura de mercado para exportação de material genético

Foram fechados acordos com Quênia, Equador e Colômbia para venda de embriões in vitro e in vivo, bovinos vivos e sêmen.

O Ministério da Agricultura, está próximo de fechar a abertura de mercados para a exportação de material genético. Os acordos foram fechados em conjunto com a Coordenação de Trânsito e Quarentena Animal Internacional (CTQA). 

Segundo a coordenadora Judi Nóbrega, “foram fechados acordos com o Quênia, para venda de embriões in vitro e in vivo, bovinos vivos e sêmen. Com o Equador foram concluídos os certificados (CZI) de embriões in vivo e in vitro. Com a Colômbia foi ajustado o protocolo para exportação de sêmen e iniciadas as negociações para exportação de bovinos para reprodução, e, com a Guatemala, a rodada envolveu a destinação de embrião in vivo e in vitro”.

O ministério destacou, ainda, o avanço nas conversas com representantes da Colômbia, Equador, Tailândia, Malásia, Índia, Nicarágua, Quênia e Guatemala, interessados no material genético e nos bovinos de elite do Brasil...

 

FONTE: UAGRO