25/05/2018

Vamos falar sobre clima?

No V Seminário a Voz do Campo o meteorologista brasileiro, professor e pesquisador da Universidade Federal de Alagoas, PhD em Meteorologia e pós-doutor em Hidrologia de Florestas Luiz Carlos Baldicero Molion irá apresentar para o público presente no Seminário um diagnóstico do Clima, tendências de curto prazo, La Niña, Fatos, Mitos e Perspectivas para os próximos 10 anos. 

 Previsões do climatologista hoje: 

“ 👉🏻 Para Molion, o La Niña deve persistir até maio e junho, entrando posteriormente na neutralidade e voltando a se estabelecer no restante do ano, persistindo até janeiro de 2019. Em fevereiro e março de 2019, o La Niña deverá ter uma atuação fraca.

👉🏻 No inverno brasileiro, a atmosfera irá responder ao mesmo impulso. Desta forma, a produção de grãos e de café pode se ver afetada pelas baixas temperaturas. Nos Estados Unidos, os solos estarão congelados no momento do plantio e, caso esse La Niña persista, ele poderá trazer problemas para o momento da colheita, com geadas antecipadas.

👉🏻 Molion lembra que o último inverno brasileiro foi bastante frio e que na primeira semana de janeiro as serras catarinenses enfrentaram uma geada em pleno verão.
Do ponto de vista climático, o climatologista acredita que a safrinha não terá problemas. Contudo, o sul e o sudeste podem ter um inverno mais forte do que o normal ” 

Quer saber mais informações sobre o Clima? Participe do V Seminário A Voz do campo:avozdocampo.com.br/seminario/inscricoes.php